Last Friends

Um dos meus passatempos prediletos nos tempos de férias (ou nem tanto assim) é assistir doramas.

O último dorama que assisti foi Last Friends.

Esse é um dorama que honra o nome do gênero — dorama é drama, em japonês — , cheio de situações dramáticas: segredos de infância que não podem ser revelados, amores inconfessos, paixões não correspondidas…

Mas o que chama a atenção são duas temáticas que até então eu não tinha visto em outros doramas. Uma delas é a relação homoafetiva entre duas mulheres: o amor não correspondido de Ruka (Ueno Juri, a Nodame de Nodame Cantabile) por Michiru (Nagasawa Masami), duas amigas do tempo de colegial, que se reencontram em Tóquio. Outra é a da violência doméstica: Sousuke (Nishikido Ryo, que atuou em Ichi Rittoru no Namida), namorado de Michiru, aparentemente um pacato cidadão, típico sarariman (assalariado), mostra seu lado sinistro entre as quatro paredes do lar. Ciumento e dominador, o sujeito não economiza bordoadas na pobre Michiru — e em quem mais se colocar no seu caminho. Tenso!

Para entender os relacionamentos afetivos entre os personagens da trama não basta o modelo do triângulo amoroso. Acima, um quadro explicativo. Fonte: http://wiki.d-addicts.com/Last_Friends

No mais, Last Friends conta as alegrias e dificuldades, encontros e desencontros amorosos de cinco personagens que dividem o teto numa share house (uma casa compartilhada, parecida com uma república universitária): Ruka, uma piloto de motocross, que vive um conflito com sua sexualidade; Michiru, que é acolhida pela amiga de colegial, fugindo da violência do namorado; Takeru (Eita, atuou em Orange Days, Nodame Cantabile), um rapaz gentil e delicado, maquiador durante o dia, barman de noite, que esconde segredos de infância; Eri (Mizukawa Asami, também atuou em Nodame Cantabile), uma bela aeromoça, uma mulher direta mas que não tem sucesso nos relacionamentos com os homens; e Ogura (Yamazaki Shigenori), um colega de Eri que é “expulso” de casa pela esposa e o amante, sem coragem para reagir.

De todo modo, é um dorama bem “divertido” para quem gosta de emoções fortes. O final é surpreendente. Recomendo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s