Devaneios sobre a solidão

Nunca me sinto só quando estou sozinho.

Agora, em meio às pessoas, isso não raro acontece.

Daí descobri o que era evidente: a solidão é socialmente construída.

Solitário não é o sujeito que vive sozinho no meio do mato.

Ele tem o mato — a natureza — e, quando o mato não basta, tem a si mesmo.

Solitária é a sociedade em que todos disputam os mesmos recursos, achando que perseguem objetivos diferentes.

Solidão é estar no meio de gente à qual você (sente que) não pertence.

Portanto, quando você se sentir solitário, meu amigo, não exite: fique sozinho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s